As características do clima influenciam diretamente na qualidade da colheita, independentemente do tipo de alimento cultivado, como milho, soja ou café, por exemplo. Por isso, a capacidade de monitorar o clima da minha plantação – prevendo a quantidade de chuva esperada para o ano, assim como os períodos chuvosos ou de estiagem – é de extrema importância para a garantia de uma colheita bem-sucedida.

Além disso, as mudanças climáticas que vem ocorrendo nos últimos anos, somadas à presença dos fenômenos El Nino e La Nina, aumentam a necessidade de previsões climáticas cada vez mais exatas. Quer descobrir os benefícios do monitoramento climático? Então não deixe de acompanhar nosso artigo a seguir.

Planejamento das estratégias de plantio

O desenvolvimento de equipamentos meteorológicos e de vertentes de estudos especializadas, como a agrometeorologia, por exemplo, têm favorecido o planejamento das estratégias de plantio agrícola.

Nesse cenário, é possível entender e monitorar com mais precisão o impacto das condições climáticas e atmosféricas no ambiente rural, permitindo ao agricultor definir – a longo e médio prazo – as melhores estratégias para a garantia de uma boa colheita.

Planejamento a curto prazo

Atualmente, é possível saber as variações meteorológicas com até 24h de antecedência. Assim, a obtenção de informações acerca da temperatura ou da quantidade de chuvas previstas para os próximos dias permite uma readequação das estratégias e a manutenção da qualidade do plantio.

Planejamento a longo prazo

Outro benefício trazido pelo monitoramento climático é a possibilidade de prever as condições climáticas a longo prazo, principalmente na hora de se planejar estratégias para enfrentar os períodos de seca. Segundo Kathryn Sullivan, coordenadora da Administração Nacional Oceânica (NOAA), previsões de longo prazo ajudam na antecipação, preparação e readequação em casos de seca, ondas de calor ou outras condições climáticas extremas, diminuindo o impacto e o prejuízo sobre as plantações.

Redução do uso de agrotóxicos

O uso de agrotóxicos está extremamente disseminado na produção agrícola dos alimentos. Além de combater pragas, esses produtos são utilizados para acelerar o crescimento da plantação, principalmente em condições climáticas desfavoráveis. No entanto, o monitoramento climático realizado pelo próprio produtor rural tem diminuído a necessidade da utilização de agrotóxicos.

A implantação de equipamentos meteorológicos permite efetuar o monitoramento da quantidade de chuva, de variações de temperatura e umidade nas lavouras. Essas informações possibilitam a determinação do risco de aparecimento de pragas, a fim de readequar a quantidade ou, até mesmo, abolir a utilização dos agrotóxicos.

A tecnologia para monitorar o clima da minha plantação

O avanço tecnológico acelerado possibilita o desenvolvimento de equipamentos cada vez mais modernos, facilitando o monitoramento climático nas plantações agrícolas. Um exemplo são as estações meteorológicas para a medição de variáveis climáticas, hídricas e de solo, que podem ser conectar a outros dispositivos do campo, como as bombas de irrigação ou os alarmes, e acioná-los de maneira remota.

Existem também diversos modelos de pluviômetros, barômetros, termômetros e outros equipamentos meteorológicos que, além de monitorar, permitem realizar o registro diário das informações climáticas.

Se há dúvidas como “Por que monitorar o clima da minha plantação?”, saiba que esse tipo de cuidado ajuda na produção e também a reduzir os custos associados ao plantio, além de favorecer o seu planejamento de uma maneira geral.

Viu só como o monitoramento climático é extremamente importante para a qualidade e para a produtividade da sua plantação? Você já utiliza um equipamento de acompanhamento meteorológico? Então compartilhe conosco as suas experiências deixando um comentário.