Todos os dias agricultores são confrontados por novos desafios, desde fazer com que a plantação produza mais em menores porções de terra — atendendo aos requisitos da legislação vigente —, até as imprevisibilidades da natureza que afetam sua colheita. Apesar disso, hoje eles podem incorporar novas tecnologias, cada vez mais avançadas, ao plantio e driblar grande parte dos problemas.

Mesmo que a agricultura ainda utilize muitas das técnicas tradicionais para o manejo da terra, a capacidade crescente de máquinas inteligentes e a maior compreensão da genética estão se tornando os principais catalisadores do crescimento da produtividade do ramo. Siga lendo e conheça cinco dicas de técnicas que deixarão sua plantação impecável!

Adote a agricultura de precisão em sua plantação

Nos últimos 10 anos, a agricultura de precisão tem saído dos laboratórios para as lavouras e seu sucesso é tamanho que, atualmente, de 70 a 80% dos novos equipamentos agrícolas vendidos possuem algum tipo de componente da agricultura de precisão. A prática visa o gerenciamento detalhado e automatizado do sistema de produção agrícola — não só da aplicação de insumos ou de mapeamentos diversos, mas de todo a cadeia produtiva.

Graças à relação custo-benefício de monitores e controladores e da integração em sistemas de gestão de dados individuais, a agricultura de precisão está tornando as plantações mais eficazes e simples para os agricultores. Essas inovações tecnológicas são ótimas aliadas para manter a plantação em ordem.

Monitore o clima e planeje melhor a plantação

Perturbações climáticas sempre causaram impacto na agricultura. Muitas regiões, no entanto, tem sofrido mais, ultimamente, e experimentado o declínio na produção agrícola e pecuária — este em decorrência do aumento do estresse do animal pelo contato com doenças, pragas e outras tensões induzidas por mudanças climáticas.

Além disso, não é possível confiar 100% nas previsões climáticas feitas por determinadas instituições. No entanto, é possível prever as mudanças no clima e prevenir algumas dessas perturbações instalando uma mini estação meteorológica na plantação. Com isso, você poderá planejar a melhor época de plantar e colher.

Prepare bem o solo 

O preparo do solo é o primeiro passo antes da semeadura. O objetivo final é produzir um solo fofo e isento de ervas daninhas para uma rápida germinação e emergência dos cultivos. Uma das tarefas mais importantes na preparação do solo é lavrá-lo: afrouxar o solo e torná-lo mais fértil. Isso cria um solo ideal por:

  • Destruir mecanicamente as ervas daninhas: elas competem por água, nutrientes e luz solar com a plantação;

  • Incorporar material orgânico: resíduos que sobram de culturas anteriores são incorporados ao solo e agem para torná-lo mais rico;

  • Afofar o solo: isso permite que as raízes penetrem profundamente no solo e respirem facilmente. Assim o solo também suportará bem o crescimento de minhocas e microrganismos.

Já existem equipamentos de agricultura de precisão que ajudam os agricultores a utilizar menos combustível e tempo na preparação do solo, melhorando a precisão, eficiência e sustentabilidade do processo.

Use equipamentos precisos para semear

A semeadura manual é uma tarefa trabalhosa, onerosa e muito suscetível a imprecisões. Desde algum tempo o trabalho de semear pode ser feito com a ajuda de tratores, mas atualmente equipamentos ainda mais modernos são capazes de fazer uma semeadura mais precisa. Eles conseguem colocar as sementes no solo a distâncias uniformes e em profundidades de ótimo acesso à umidade e luz solar.

Assim, as plantas podem amadurecer por igual em toda a plantação, o que facilita a colheita e leva ao maior rendimento. Para melhores resultados, o sistema também pode ser combinado com geo-mapeamento (um mapa que mostra a densidade do solo, sua qualidade, etc.).

Colha os frutos com precisão

Para todo agricultor, a colheita é um ponto crítico no processo de plantação. Velocidade, precisão e sincronismo são alguns dos fatores que determinam se a colheita será bem-sucedida.

Até recentemente a colheita era a atividade mais difícil de todo o processo de uma lavoura. Hoje, porém, a tarefa é muito facilitada ao ser assumida por algumas das máquinas agrícolas mais sofisticadas, tais como as ceifeiras, as forrageiras e as colheitadeiras especializadas.

Com todas essas dicas você garantirá que a sua plantação fique impecável, do plantio à colheita. Gostou do texto? Deixe seu comentário aqui embaixo!